Ansiedade, Síndrome do Pânico, Transtorno de Ansiedade, Fobia Social e Fobias Específicas

20 abril, 2016

0 comentários


Criei um projeto que considero o mais lindo de todos (sério, Selma?) pois é, modéstia a parte (cof cof cof) acredito que tudo que fazemos com o coração, com um imenso amor e dedicação, pode ser o projeto mais lindo do mundo, e que óbvio, não é exclusividade minha e nem de ninguém, qualquer pessoa pode fazer o projeto mais lindo de todos

Pois bem, durante todo esse tempo de atendimentos e de presença nas redes sociais, percebi que a maioria das pessoas que me procuram vinham com a queixa de ansiedade, seja um medo específico, uma impulsividade, pânico, enfim, sempre estavam ligadas a ansiedade e foi aí que acendeu uma luzinha aqui dentro e pensei: "ué, se a maioria das pessoas sofrem para controlar sua ansiedade, porque não faço algo mais específico e que possa ajudar um grupo maior de pessoas? "

Humm imagino que agora você já deve estar imaginando o que é, não é mesmo? (risos) 

E sem mais mistérios ou delongas lhe apresento o projeto: 



                           Ansiedade - Em busca do Equilíbrio Emocional  



Mas tá Selma, o que é isso?
 
Calma, que te explico: é um evento destinado a quem sofre com a ansiedade (adultos), cujo objetivo é que as pessoas saibam identificar os sinais que a deixam ansiosas, os sintomas, identifique, questione e modifique esses pensamentos, pois tudo que sentimos e a maneira que nos comportamos advém de um pensamento.

Esse evento não é uma palestra e nem um curso, a palavra que mais se aproxima dessa proposta é Grupo, pois será um encontro que você irá aprender e já colocará em prática lá mesmo, através do Caderno de Exercícios que será disponibilizado aos participantes.

Você aprenderá também algumas técnicas de relaxamento, que são de extrema importância para quem sente-se ansioso, e claro que faremos todos juntos lá, porque aprender na prática é muito melhor!  E por fim, e não menos importante teremos um delicioso Coffee Break, para dar aquele "up" gostoso na nossa tarde. 

 O Grupo Ansiedade - Em busca do Equilíbrio Emocional, será no dia 21 de Maio (sábado) das 14:00 às 16:30 horas, no meu consultório que está localizado na Rua Camé 77, Mooca - São Paulo. 

O investimento é de R$ 80,00 e é necessário realizar a inscrição antecipada, pois será um grupo de somente 6 pessoas, delimitei essa quantidade pois desta maneira consigo dar atenção  e atender a todos, minha ideia é que seja algo direcionado e com total atenção. 


Então, se você se interessou, acha que essa proposta é legal e que pode te ajudar, então vamos lá, mas se nada disso se aplica a você, não tem problema, agradeço a sua leitura da mesma maneira e saiba que estou muito feliz em poder dividir essa novidade com você, mas de repente se você achar que uma amiga (o), parente ou vizinha (o) se encaixa nessa proposta, diga a ela(e), quem sabe o grupo não fará bem, não é mesmo?

Agora finalizando mesmo (juro!), abaixo está o folder, com um resuminho de tudo que escrevi, espero que gostem e qualquer dúvida estou à disposição,


Onde será?  .......Na Rua Camé, 77 - Mooca - São Paulo
Quando?.............Dia 21 de maio de 2016
Que horas?.........Das 14:00 às 16:30 horas
Qual o valor?.......R$ 80,00

Precisa se inscrever com antecedência? Sim 
Como faço para realizar a minha inscrição? Encaminhe um e-mail para: 
psicologaselmasp@gmail.com  




Leia Mais...

Bullying

01 março, 2016

0 comentários

O que é bullying?

É um ato violento realizado contra uma ou várias pessoas que são impossibilitadas de se defender. Ele pode ser realizado através de violência física e/ou psicológica, cujo objetivo é intimidar, humilhar ou até mesmo agredir fisicamente. 
Devido a isto as vítimas podem apresentar: 
dificuldades com o sono, problemas de estômago, transtornos alimentares, irritabilidade, depressão, transtornos de ansiedade, dor de cabeça, falta de apetite, entre outros.

É importante salientar, que a presença de um ou mais sintomas acima descrito não significa necessariamente que a pessoa seja vítima de bullying, porém sinaliza que algo não está bem e que precisa ser investigado. 


Qual é o tipo mais comum?

Existem alguns tipos de bullying, porém o mais comum é o verbal. Sabe aquela brincadeirinha feita por uma pessoa e que faz a turma toda rir? 
Mesmo que essa brincadeira seja de péssimo gosto, como por exemplo, um apelido maldoso, uma gozação por causa de alguma característica física ou ate mesmo alguma peça de roupa. Esse é o bullying verbal. 
Todo mundo acha engraçado, ri e se diverte, menos a vítima, que sofre em silêncio.


Quais são as características das vítimas?

Normalmente as vítimas são crianças que não sabem ou não conseguem se defender, são tímidas e sem assertividade, porém devido a sua inaptidão, elas jamais deverão ser consideradas culpada pela agressão que recebe.

Essa situação pode ser exemplificada com a seguinte frase: "Se você voltar pra casa machucado vai apanhar ainda mais por não ter batido também." Muitos de nós já ouvimos essa frase, porém porque fazer uma criança sofrer por causa de outro sofrimento? Vale a reflexão.

Enfim, o que não podemos fazer é tirar a culpa do agressor e colocar na vítima.


Quais são as consequências para a vítima?

O bullying causa na vítima sentimentos de insegurança e inferioridade. 
Inúmeras vezes elas acreditam que merecem todo aquele sofrimento e acabam se acostumando. 
Pensamentos como: "Sou feia (o) mesmo, não tem jeito." "Sou gorda (o) e não mereço jogar no time."
"Sou muito baixinha (o) não mereço estar nessa turma". Passam a fazer parte da vida da criança, ocasionando assim caminho sem fim entre a baixa autoestima e a insegurança.


Quais são as características do agressor?

Ao contrário do que se imagina, os agressores não são antissociais, não possuem baixo desempenho escolar e muito menos são fisicamente fortes. 
Eles costumam ser crianças divertidas, inteligentes, manipuladoras, lideres, populares e com muitos amigos.


Como saber se meu filho está sofrendo bullying?

Em uma conversa simples no dia a dia, você consegue identificar se algo está errado. 
Aquelas perguntas básicas que fazemos para nossos filhos, podem nos ajudar com algumas informações, como por exemplo: - tem algum amiguinho na escola de quem você não gosta, com quem você costuma fazer seus trabalhos em grupo ou até mesmo, tem alguma atividade ou brincadeira que você não gosta? Por quê?

É importante que essas perguntas não sejam feitas todas juntas e sim de forma casual, não é para ser feito um interrogatório com a criança e sim, um conversa gostosa e positiva. 


                                                         



Leia Mais...

Dicas Para Te Ajudar a Ter Sucesso no Processo de Emagrecimento

11 setembro, 2015

0 comentários

No vídeo abaixo  dou algumas dicas para te ajudar a obter sucesso no seu processo de emagrecimento.









Um abraço,

Selma

Leia Mais...

Emoção & Emagrecimento

04 setembro, 2015

0 comentários

Durante uma semana fiz lá no Instagram (@psicologaselma) uma série de postagens sobre a relação do processo de emagrecimento e a emoção, como teve uma excelente repercussão resolvi trazer pra cá e deixar disponível para todos.



Estímulos para comer 

Para entendermos os fatores emocionais para o emagrecimento, primeiramente precisamos conhecer alguns dos estímulos que nos fazem comer, são eles:

- ambientais: visão (olhar uma comida ou prato bonito), cheiro de comida (pronta ou sendo feita)
- biológicos: fome e desejo incontrolável de comer
- mentais: pensar sobre pratos favoritos, ler uma receita ou se imaginar comendo algo
- emocionais: raiva, tristeza, ansiedade, frustração
- sociais: pessoas que te incentivam a comer, situações em que você gostaria de comer como os demais.

Conhecê-los e saber identificá-los é extremamente importante, pois desta maneira você minimiza sua exposição e muda a forma de enfrentá-los.


Do estímulo ao ato de comer


Você sabe distinguir a fome de outras sensações, como por exemplo, o desejo de comer?
Inúmeras vezes pensamos que estamos com fome quando na verdade não estamos, por isso, descreverei abaixo as principais diferenças entre elas:
- Fome: sensação de vazio no estômago que frequentemente é acompanhada de ruídos
- Desejo: você quer comer porque está influenciado por outros estímulos, mesmo que tenha acabo de comer.
- Desejo Incontrolável: você sente uma urgência de comer um tipo específico de alimento e sempre está acompanhada de uma tensão.
Mas qual a importância de sabermos essas diferenças?
A resposta é muito simples, dessa maneira fica muito mais fácil respondermos aos pensamentos que esses estímulos provocam, e consequentemente, mudamos o comportamento, ou seja, o ato de comer.


          Fome Emocional

Devorar um pote de sorvete enquanto espera uma ligação importante, parar no fast food a caminho de casa em busca de consolo por um dia ruim ou oferecer um chocolate para a filha que está triste.
Quem nunca fez algo parecido com isso? Não podemos negar que a comida conforta e esse conforto torna-se prejudicial a partir do momento que a emoção (tristeza, ansiedade...) passa a estar relacionada ao ato de comer, ou seja, quando este ato é comandado pela emoção.
Este padrão alimentar enquadra-se então, dentro da fome emocional, a chamada fome sem fome, uma fome que não tem nenhuma ligação com a sustentação da vida, que não surge por sinais fisiológicos (fome real), muito pelo contrário, ignora-os.
E então, a fome sem fome passa a ser uma estratégia para lidar com as emoções negativas, ocorrendo assim, um ataque ao próprio corpo.


          Fome  Emocional II

Ontem falamos sobre o comportamento de comer como consequência de uma emoção. Hoje vamos falar o contrário, a alimentação emocional baseada na restrição.
Neste caso as emoções levam a diminuição de ingestão de comida numa tentativa de encontrar controle ou poder, sendo que a fome física seja totalmente ignorada.
No início podem surgir sentimentos de bem estar associados ao controle absoluto da alimentação, mas a curto-médio prazo surgirão consequências físicas e psicológicas graves tendo por base um desligamento do corpo, uma vez que não tem as suas necessidades básicas asseguradas.
Sendo assim, os padrões de alimentação emocional, os fatores psicológicos , os determinantes biológicos e fatores socioculturais podem contribuir para o desenvolvimento das perturbações do comportamento alimentar, como por exemplo a Anorexia, a Bulimia e a Compulsão Alimentar.


        Transtornos Alimentares

Hoje vamos conhecer um pouco sobre alguns dos Transtornos Alimentares:
Anorexia: ela está relacionada a insatisfação exagerada com o peso corporal, sua auto imagem é distorcida, a pessoa busca incansavelmente a magreza e para isso, utiliza-se de alguns recursos extremos como longos períodos em jejum, laxantes e até vômitos.
Bulimia: é caracterizada pela completa perca de controle alimentar, a pessoa ingere uma grande quantidade de alimentos em um curto espaço de tempo, essa ação é seguida de culpa, vergonha e medo de engordar, levando assim a indução do vômito várias vezes ao dia, além da ingestão de laxantes, inibidores de apetite e a prática exagerada de exercícios.
Compulsão alimentar: é um comportamento de descontrole alimentar ocasionando uma ingestão descontrolada de alimentos. 
Este quadro pode estar relacionado com a Ansiedade e Depressão.

Considerações Finais

Meu objetivo ao longo dessa semana foi compartilhar um pouco do meu conhecimento para informar o público em geral.
Querer emagrecer é um excelente começo, porém é uma decisão que necessita de planejamento, energia e muito foco.
 É necessário também, um acompanhamento com profissionais qualificados para lhe orientar de maneira adequada, não tem como fazer a mesma dieta da sua amiga ou daquela artista da televisão, cada organismo é diferente do outro, assim como as necessidades.
Não se cobre tanto, aprenda com seus erros, você é um ser humano que erra e aprende como todo mundo, acredite em você!


Abraços,

Selma 



Leia Mais...

Pensamento positivo é importante? O medo pode interferir no processo de emagrecimento? Por que minha médica não receita remédio para emagrecer?

18 agosto, 2015

0 comentários

Diante das dúvidas que surgiram sobre o meu vídeo, achei melhor explicar aqui, pois de repente pode ser a sua dúvida também.

Caso você não tenha assistido é só clicar aqui, nele explico a importância do psicólogo no processo de perca e controle do peso.



1) O pensamento positivo é realmente importante?

    O pensamento positivo é muito importante em todos os âmbitos da nossa vida, porém, ele não é o   fator principal para a resolução de todas as nossas dificuldades. Saber identificar, avaliar e               responder aos pensamentos, é a forma mais segura de manter-se o seu processo. 


2) Por que tenho receio de experimentar novos alimentos?

   Precisamos entender a forma em que os alimentos foram apresentados e se realmente houve essa apresentação, pois é muito comum os pais oferecerem somente os alimentos de seu gosto, evitando assim o que os desagrada, dessa maneira a criança cresce com um pré conceito sobre a experiência de ingerir novos alimentos.
   É importante salientar que existem várias causas e que somente um profissional poderá avaliar com precisão cada caso.


3) O medo da mudança pode interferir no processo de emagrecimento?


    O medo pode nos paralisar em todas as situações, por isso o processo de emagrecimento precisa ser muito bem planejado e definido, pois ele demanda muita energia, dedicação e foco.
    Para que tudo ocorra dentro do previsto é muito importante que você procure profissionais competentes para te ajudar a enfrentar as dificuldades que estão por vir, e te auxiliar a chegar em seu objetivo final. 


4) Por que a minha médica não receita um moderador de apetite? 

    Em alguns casos a medicação é realmente importante e só um médico pode avaliar se é necessário o uso ou não. 
Conforme expliquei no vídeo, pode sim haver alguma disfunção no organismo que só a medicação consegue regular, porém, é necessário também cuidar da parte emocional e na qualidade dos nossos pensamentos, pois eles influenciam as nossas emoções e nossa forma de agir. 


Foram essas as perguntas que recebi, caso você tenha alguma dúvida podemos nos falar nos comentários.


Um abraço,

Selma 







Leia Mais...

Como o Psicólogo Pode te Ajudar no Processo de Emagrecimento

05 agosto, 2015

0 comentários

Você não sabia que nós psicólogos temos um papel fundamental no processo de emagrecimento e controle do peso?

Pois é, expliquei um pouco sobre isso no vídeo abaixo, para assistir é só dá um play.








Se você não estiver conseguindo assistir pelo blog, é só clicar aqui que o link te direcionará para o Youtube.


Um abraço,

Selma
Leia Mais...

Saiba o que é Depressão, quais os sintomas, as características, tratamentos e cuidados.

08 junho, 2015

0 comentários

 O que é Depressão?

A Depressão é caracterizada pela formação de conceitos negativistas de si mesmo, do futuro e do mundo externo.
A pessoa depressiva apresenta humor triste, vazio  e ou irritável, sempre se descreve de forma extremamente negativa, frases como “eu não sei fazer nada, eu não presto pra nada”, são muito comuns em sua rotina.
É importante salientar que a Depressão é bem diferente de uma tristeza ocasionada por algum evento, como por exemplo a morte de um parente, essa tristeza é real, porém tende a ser amenizada com o passar do tempo, a Depressão não, é uma tristeza prolongada sem uma causa definida.

Quais são os sintomas?

Dificuldade de tomar decisões, sensação de que nunca vai melhorar, perda de energia e dificuldade de concentração, também são sintomas da Depressão.
A pessoa depressiva é passiva e muitas vezes apresentam tendências suicidas, pois entendem que a morte seria um alivio para o seu sofrimento.
Elas não conseguem incluir nada diferente em sua rotina, não tentam nada novo, não aceitam ser contrariados e desistem de tudo com muita facilidade.
E ainda, podemos afirmar que a Depressão é uma doença de altos e baixos , ora a pessoa tem um dia bom ora ela tem um dia ruim.

Quais são as características?
As pessoas deprimidas distorcem constantemente suas interpretações das situações, de forma que mantém suas opiniões negativas sobre si mesmas e a todos que a rodeiam.
Essas interpretações negativas desviam completamente o processo lógico das situações.
Por exemplo: uma mulher deprimida cujo marido demora chegar em casa pode concluir que ele estava com outra mulher, mesmo que não haja qualquer outra evidência que sustente essa conclusão.
Como já disse anteriormente a dificuldade de concentração também é uma característica da pessoa depressiva, isso se dá pois os pensamentos negativos se multiplicam em grande velocidade, fazendo com que as formulações e execuções de comportamentos fiquem comprometidos.  Lembram que já comentamos que os nossos pensamentos são responsáveis pelos nossos comportamentos? Logo podemos concluir que, se os pensamentos estão desordenados e sem sentido, os nossos comportamentos também estão.
Em casos mais brandos de Depressão a pessoa geralmente é capaz de perceber seus pensamentos negativos.

Qual o tratamento?

Na maioria dos casos é necessário o tratamento medicamentosos, pois é ele que intervém nas regulações bioquímicas do cérebro. A psicoterapia é indicada em todos os casos pois é ela que vai intervir nos níveis cognitivo, afetivo e comportamental.
Um dos objetivos da psicoterapia é que a pessoa consiga identificar, avaliar e modificar seus pensamentos disfuncionais, enquanto a medicação cuida da parte química do cérebro.


Quais os cuidados?
Alguns cuidados são necessários com a pessoa depressiva, como por exemplo a responsabilidade pela medicação, é importante que um familiar seja responsável pelo medicamento e inclusive o guarde em um lugar que só ele saiba, esse é um ato de proteção, pois em alguns casos de Depressão a pessoa tende a acreditar que a morte seria a única solução para o seu sofrimento e acabam recorrendo a superdosagens . 
Como em todas as doenças e transtornos o apoio familiar é muito importante no tratamento, uma família engajada e com o conhecimento da dificuldade, contribui muito para o bem estar da pessoa depressiva.


Bônus

Por fim, deixo uma atividade pra você, proponho que elaborem pequenas tarefas para o seu dia, coisas simples que você gostaria de realizar e devido aos sintomas depressivos não consegue. Tire um tempinho da sua noite e faça essa elaboração para o dia seguinte. Caso não consiga realizar todas as tarefas planejadas, não tem problema, pois com essa atividade, visamos  as execuções e não a quantidade. Portanto, não sofra pelo que deixou de fazer, e sim, sinta-se orgulhoso do que conseguiu executar.



Leia Mais...

Estratégia para elevar a sua autoestima

06 maio, 2015

0 comentários

Neste mês foi publicada uma matéria minha na revista Em Condomínio, nela escrevi sobre Autoestima e ainda, dei uma estratégia bem simples para você colocar em prática no dia a dia.

Para  conferir é só clicar aqui.


Abraços,

Selma
Leia Mais...

Lista com Aulas de Yoga Gratuitas

10 abril, 2015

2 Comentários

A quantidade de pessoas incomodadas com sua ansiedade exagerada vem crescendo a cada dia,  por isso é importante mostrar que existem formas de aliviar os sintomas e até como aprender a controlar nossos comportamentos. 

Uma das atividades que gera um ótimo resultado é a prática da Yoga, pois em sua prática é necessário treinar a concentração e principalmente a respiração.

Pensando nisso, perguntei lá na Fanpage e no Instagram (@psico_selma) a cidade que vocês residem, a partir das respostas criei uma lista de lugares que possuem aulas de Yoga gratuita.

Se você ainda não curtiu a Fanpage e não segue no Instagram, junte-se ao pessoal, pois sempre há atualizações com muitas dicas interessantes.

Lista de locais com aulas gratuitas de Yoga

Aracaju: Parque Augusto Franco (Parque da Sementeira)
Todos os dias às 6:30 h da manhã
Segunda - Quarta - Sexta : às 17:30 h

Belo Horizonte: Parque Mangabeiras
1º/2º/3º Domingo do mês. Não foi divulgado o horário

Fortaleza: Projeto Beach Pilates
Aterro da Praia de Iracema
Sábado as 7:00 h e às 16:30h
Não encontrei Yoga porém o Pilates também é muito interessante.

Goiânia: Parque Flamboyant e Parque Vaca Brava
Domingo: às 10:00 h
 
Ilhéus/Itabuna: Escola Municipal de Dança
Avenida Inácio Tosta Filho 213, 1º andar
Segunda e Quarta-feira : 7:00 as 8:30 h

João Pessoa: Sala de Práticas Educacionais da Estação Cabo Branco - Bairro Estados
Sexta-feira às 19:00 h

Maceió: Sala Multi Eventos do CECITE - Centro de Ciências e Tecnologia da Educação
Farol - Maceió/AL
Sábado: 16:00 às 17:30h

Natal: Auditório do CCET/UFRN  - Sexta-feira às 18:00 horas

Osasco: Parque Clóvis Assaf - Segunda-feira 13:30/ 14:30/ 15:30h
Parque Chico Mendes: Terça-feira: 9:00h e 10:00h
Parque Jardim Bonança: Quarta-feira: 13:30 e 14:30 h
Parque Dionísio Álvares - Sexta-feira 8:30 e 9:30 h

Rio de Janeiro: Aterro do Flamengo entre a Rua 2 de dezembro e Buarque de Macedo
Sexta Sábado e Domingo às 9:00 h

São Paulo: Centro Sahaja Yoga
Rua: General Gurjão 201 - Vila Mariana
Terça e Quinta-feira às 19:00 h


Também tenho leitoras internacionais, elas são de Lima no Peru e Carolina do Norte nos Estados Unidos, para vocês achei dois sites, mas não tenho certeza se são gratuitos, acredito que vocês saberão mais que eu.

Em Lima é esse aqui  e na Carolina do Norte é esse .

Sei que tem muitas cidades citadas que não estão aqui na lista, pois não possuem nenhuma atividade gratuita, infelizmente. Porém, em breve farei um post especial pra vocês com algumas dicas específicas.


Informações Importantes

- Para realizar as aulas é importante estar com roupas confortáveis, levar uma toalha, canga ou algo que possa ser estendido ao chão e a sua garrafinha de água.

- Na maioria dos lugares as aulas são realizadas ao ar livre, portanto em caso de chuva as aulas serão suspensas.

- E o mais importante, como são aulas gratuitas podem haver alterações de dias ou horários e até suspensão sem prévio aviso, por isso é importante confirmar antes.


A partir de agora não aceito mais desculpas para falta de atividades em sua rotina. 


Um abraço,

Selma




Leia Mais...

Dia Mundial de Conscientização do Autismo - 02 de Abril

02 abril, 2015

0 comentários


Um dia mundial sobre qualquer doença é muito importante, pois desta maneira há a divulgação de sintomas, de tratamentos, o qual beneficia muitas pessoas, que acabam se identificando e procurando ajuda. Desta maneira, evitam sofrimentos e são tratados por algo que realmente possuem, e não por falsas hipóteses.


Algumas informações sobre o Autismo:

- é uma síndrome predominante em meninos,

- atualmente atinge 2 milhões de brasileiros,

- a maioria dos pediatras não estão preparados para diagnosticá-lo, infelizmente.


A que comportamentos devo me atentar para procurar ajuda ?

Atente-se a crianças de 2 anos ou mais que não te olha quando você a chama, que não fala e que não aponta o que quer.

Mas Selma, todas as crianças que não fazem isso são Autistas ?

Não podemos afirmar, mas essas são algumas características que você deve se atentar e procurar um correto diagnóstico. 

Se nem todos os pediatras estão preparados para diagnosticar, então que profissional devo procurar ?

O profissional mais adequado nesses casos é o Neuropediatra.


Não espere o tempo passar, não espere que o tempo cure a sua criança, procure ajuda, se informe, quanto antes o diagnóstico melhor !


Um abraço,

Selma 




        

Leia Mais...


 

Psicóloga Selma © Copyright - 2012. Todos os direitos reservados. Layout criado por Gabi Layouts